sábado, 28 de janeiro de 2017

Dia 02 - Café sem açúcar??!?!?!

Uma das primeiras mudanças para mim aconteceu bem antes de iniciar o programa. Foi quando comecei a ler o livro, no dia 25/12/2016. Logo na primeira página, segundo parágrafo, eu li: "Não é difícil. Não ouse dizer que é difícil. Largar um vício é difícil. Combater um câncer é difícil. Tomar café puro não é difícil."

Ao ler sobre o por que de cortar o açúcar adicionado, qualquer açúcar, desde o refinado ao mais natural possível, incluindo adoçantes, mel, xarope de agave, etc., percebi que havia chegado a hora (fatídica) de começar a tomar café sem adoçar! Pretinho, purinho, sem docinho nenhum... eu nunca achei que conseguiria, mas foi assim, de um dia para o outro! Na primeira semana foi sofrível, mas nunca me ocorreu parar de tomar café (imagina!!), aos poucos fui me acostumando e, nunca vou esquecer, no décimo primeiro dia eu senti um prazer genuíno em tomar uma xícara de café! Do jeitinho que eu sentia nos idos tempos do açúcar. Primeira "nova dança" aprendida e dominada!




Sobre a nova rotina, segundo dia, estamos nos saindo muito bem! Na verdade acho que ainda não sentimos muito o impacto, principalmente porque temos (leia-se maridón tem) preparado pratos deliciosos!! O café da manhã foi meio que "burlado", o que não se deve fazer, mas nós estávamos em jejum para fazer coleta de sangue, quando chegamos em casa era quase hora de começar a preparar o almoço, então seguramos a onda com uma bananinha e algumas rodelas de salame.

O almoço foi um desbunde!!! Uma moqueca deliciosa com peixe fresco da Feira, brócolis com berinjela refogados e salada mista.

video


Na janta, a ideia era preparar bifes com purê, mas nos perdermos no tempo e como ficou meio tarde, Ismael preparou omeletes de brócolis com bacon, delicieux!!!

Um comentário:

  1. Estou lembrando! Vamos ver o que acontece mais pra frente... gostei do blog.

    ResponderExcluir